sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

9ª Caminhada Época 2009/2010 - Almeirim 13 de Janeiro




Data do Encontro: 13/01/2009
Local: Almeirim
Percurso: 12,100 Kms 02:20 Horas

Caminhantes: A. Henriques; A. Pires; Bernardino; Carlos Evangelista; Carlos Sales; Chico Pires; Dores Alves; F. Sousa; Gil Furtado; Gilberto santos; João Costa; Luís Fernandes; Manuel Reis; Maria do Céu; M. Flôxo; Nela Costa; Odete Vicente; Vitor Gonçalves;
Organizador: Vitor Gonçalves
Almoço: Restaurante 'O Forno' (Tel. 243.592.916) Preço; € 15,00
Próxima Caminhada: 27/01/2010 (Organiza: Dores Alves)
Fundo de Reserva: € 617,00
Reportagem:
A 1ª caminhada da 2ª década do século XXI do grupo 'Os Caminhadeiros', teve partida e chegada na bonita cidade ribatejana de Almeirim, sob a impecável organização do experiente 'Caminhadeiro Mor' e velha raposa do grupo, que dá pelo nome de Vitor Gonçalves. Pois para demonstrar às gentes corajosas e destemidas do Ribatejo, que há pessoas de outras paragens não menos arrojadas, 18 fortes caminhadeiros/as vindos de Lisboa, enfrentaram de peito aberto a intempérie que tem assolado o país nos últimos dias. E para espanto de todos, foi afinal a intempérie que se amedrontou perante a coragem destes valentes caminhantes e abríu tréguas durante a manhã para que a caminhada se realizasse em amenas e tranquilas condições meteorológicas. O António Henriques e a maior parte do grupo continuam convictos de uma parceria secreta entre S. Pedro e o grupo 'Os Caminhadeiros', que nos protege da chuva em dias de caminhada. Por sua vez, o Gil Furtado refuta literalmente esta possibilidade. Fiel às suas convicções e duvidando dos superiores poderes do Santo, nem sequer iniciou a caminhada. Ou vá-se lá saber, se não foi por receio das represálias que o Apóstolo preferido do Divino Mestre poderia exercer sobre a sua falta de fé. Ele que o diga se souber.
Depois de 12 Kms percorridos em pouco mais de 2 Horas, nada melhor que que uma reconfortante e típica 'Sopa de Pedra' para repôr as energias. Dos muitos e bons restaurantes que por aqui abundam, o organizador Vitor Gonçalves em boa hora escolheu 'O Forno', que completou o repasto com uma deliciosa 'Caldeirada de Cherne' e uma suculenta 'Grelhada Mista'. Este variado leque de opções, permitiu aos 18 caminhadeiros/as apreciadores da boa mesa, poder retemperar o esforço dispendido de acordo com as motivações desencadeadas pelas suas papilas gustativas.
Terminado o repasto a contento de todos, demos continuidade ao programa do dia, com a visita às instalações de uma das mais antigas adegas do Ribatejo que dá pelo nome de: 'Quinta do Casal Branco'. Uma curta introdução efectuada pelo Sr. David Ferreira (Director Comercial), e complementada pela visita guiada à adega conduzida com toda a simpatia da Eng. Cátia, permitiu-nos recolher preciosa informação sobre esta nobre arte de produzir vinho (aqui ainda pisado a pés).De salientar o processo muito interessante de elaboração do Vinho Espumante. Uma resumida prova a alguns dos néctares aqui produzidos, permitiu esclarecer dúvidas sobre as opções de compra com que terminámos esta interessante visita.
O tradicional 'chá' de final de dia foi desta vez ingerido numa simpática pastelaria em Benfica do Ribatejo, cujo proprietário nos confidenciou ter sido este o dia que mais chás serviu só de uma assentada.
Apenas uma palavra de 'Boas Vindas' ao Carlos Evangelista (convidado da caminhadeira Maria do Céu), que pela 1ª vez nos acompanhou nestas tão saudáveis tarefas e que esperamos não ter desiludido as suas expectativas.
Saudações Caminhadeiras, e até dia 27 em Monsanto sob a batuta do António Dores Alves,

Fortunato de Sousa

8 comentários:

Luis Fernandes disse...

Caros Caminhadeiros,

foi detectado um erro na contagem dos Kms para os bastões.
Alguns dos nossos caminhadeiros para nos proporcionar outros prazeres tais como, belas refeições, não participaram das caminhadas.
A todos peço as minhas maiores desculpas.

A bem da verdade caminhadeira,

Luis Fernandes

Nota - Se por acaso detectarem mais algum erros, por favor digam

Carlos Sales disse...

Luís, como pedes para dizer algo, se forem detectados alguns erros, aqui estou eu, não para dizer que é um erro, mas tão somente um pequenino lapso. Considerando que o Fortunato tem registados 437.2 Kms e o total de todas as caminhadas é de 447.2 Kms, e se ele não pecou nunca por ausência, o valor total das caminhadas terá que ser o mesmo que o deste Caminhadeiro. É só este o reparo.
Um abraço a todos os Caminhadeiros.
Carlos Sales

Luis Fernandes disse...

Sales, um dos erros detectado foi esse. Na ultima caminhada da temporada 2008/09 (17ª Lavre)os caminhadeiros Fortunato, Floxo e Gil ficaram a tratar o nosso belo almoço, assim como o Floxo na 14ª Lavre da epoca anterior.
Na realidade, eles estiveram no envento, só que não caminharam.

Espero ter respondido às tuas duvidas.

Saudações Caminhadeiras

Luis Fernandes

mreis disse...

A propósito dos comentários sobre kms e bastões, fui ver os mapas e acho que o Carlos Sales tem que estar atento à luta renhida entre o Vitor e o Fortunato não vão eles começarem a passar rasteiras um ao outro...
Sobre Almeirim, dizer que é um gosto ver 18 maduros e maduras arrostar com a intempérie e dar ao pé durante 12 kms. E parece que ainda ninguem do grupo apanhou gripe esta temporada... Saliente-se que as 3 'meninas', à ida sempre no grupo da frente, deram um 'bigode' a muitos rapazes e isto numa caminhada que deve ter sido das mais rápidas de sempre.

saudações

mreis

Fortunato de Sousa disse...

Embora tenha o meu nome envolvido na polémica, não posso deixar de me pronunciar também sobre o tema. Assim sendo, e embora compreenda a tolerância dos meus presados companheiros, o que está em jogo é o número de kms percorridos. A confeção dos almoços é como diz o povo: 'Quem corre por gosto não se cansa' e neste caso nem conta para as estastísticas.
O seu a seu dono e caminhemos sempre, pois como sugere o Manel Reis, este desporto imuniza com msis eficiência contra a 'gripe-A' do que as vacinas comercialisadas pelos barões dos negócios farmacêuticos.
Fortunato de Sousa

António Dores Alves disse...

Mais uma bela caminhada mesmo sem os favores do S. Pedro. A organização foi excelente como tôdas que o Victor Gonçalves nos tem brindado a que correspondeu uma reportagem de se tirar o chapéu.
Continuem...

António Dores Alves

Francisco disse...

Caros caminhadeiros

Venho apenas expressar os meus sinceros desejos, de que a nenhum de nós doa a cabeça até à primeira caminhada da segunda década do século XXI,tanto mais que se tal ocorresse, o mais provável era não batermos nenhum record. Na melhor (pior) das hipóteses, teríamos apenas um bom (mau) resultado.

Chico Pires.

Fortunato de Sousa disse...

Todos os comentários são oportunos e bem vindos. O importante é comunicar. No entanto, pergunto ao meu amigo caminhadeiro Chico Pires, qual a razão que do seu ponto de vista não valide a última caminhada em Almeirim como sendo a 1ª da 2ª década do século XXI. E ainda não me doi a cabeça.
Cumprimentos em passada de treino,

Fortunato de Sousa