quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

* * *Convocatória . 12ª Caminhada da Época 2016 / 2017* * * "Queres Brincar Comigo" . Torres Vedras . Dia 22 de Fevereiro


Caros Amigos Foliões Caminhadeiros, desta vez tenho o descaramento de vos convidar a participar na tradicional caminhada do Entrudo ou Carnaval de Torres Vedras.
O que possivelmente irá acontecer neste dia é o seguinte:
Distância:  Ainda por definir
Percurso A: Se chover
Percurso B: Se não chover
Grau de  dificuldade: Todos
Programa:
9h11 - Concentração na Expotorres (mesmo local do ano passado)
9h30 - Sessão de Boas vindas pela Drª Ana Umbelino do pelouro da cultura da CMTV
9h40 - Início da caminhada
13h05 - Almoço no Restaurante (frente ao Tribunal)
15h00 - Viagem em comboio Turístico ao estaleiro dos Carros carnavalescos, se chover visita ao Monumento
17h10 - Chá
Como chegar:
A8
Saída Sul
Na Rotunda dos Cavalos, tomar a direcção Santa Cruz,passando o Supermercado ALDI e  percorrendo 150 metros chegará ao destino.

Deverão agora as inscrições ser efectuadas até ao final do dia do próximo Domingo 19

Saudações Caminhadeiras em passada trapalhona

Rogério Matias  

sábado, 11 de fevereiro de 2017

* * * * * * * *11ª Caminhada da Época 2016 / 2017* * * * * * * Rota do Senhor dos Mártires . Alcácer do Sal . 8 de Fevereiro




Álbuns de Fotografias:
Céu Fialho
Luz Fialho
Luis Martins
Fortunato de Sousa
Carlos Evangelista
Data da Caminhada: 08/02/2017
Local: Alcácer do Sal
Percurso: 13,5 km - 03h30
Caminhantes (36): Acilina Couto, Ana Cristina, Angelina Martins, Antónia Sena, Carlos Evangelista, Carlos Penedo, Céu Fialho, Cidália Marta, Clara Maia, Estela Garcia, Fátima Libânio, Fortunato Sousa, Gil Furtado, Graça Sena, Isabel Forte, João Costa, João Duarte, João Figueiredo, José Clara, Júlia Costa, Lúcio Libânio, Luis Fernandes, Luis Martins, Lurdes Clara, Manuel Barbosa, Manuel Floxo, Manuel Garcia, Manuel Pedro, Manuel Reis, Maria do Céu, Nela Costa, Odete Vicente, Pedro Albuquerque, Quinita Sousa, Teresa Palma e Vítor Gonçalves.
Não Caminhantes (7): Carmen Firme, Lina Fernandes, Luisa Clemente, Luz Fialho, Octávio Firme, Rogério Matias, Tozé Clemente
Organizadores: Carlos  Penedo / Manuel Reis
Almoço: Restaurante Brazão – Alcácer do Sal (tel. 265 622 576)
Próxima Caminhada: Torres Vedras (Organização de Rogério Matias)
Reportagem:
Com todos os caminhadeiros muito pontuais, pelas 09:15 já um dos organizadores, munido de uma geringonça sonora apelava ao ajuntamento para a foto de grupo, com Alcácer do Sal em fundo num belo dia de sol.
Logo a seguir outro dos organizadores ofereceu aos caminhadeiros-mores um colete identificativo, para que o título deixe de ser só de boca e fique escrito que eles existem e são 3. Ideia do Carlos Penedo, produzida e realizada pelo Carlos Evangelista, foi uma homenagem simples que os restantes caminhadeiros aplaudiram.
Deu-se então início à caminhada pela ponte pedonal mas logo a seguir houve uma paragem para cafezinhos, bolinhos e xixizinhos (Oh caminhadeiros e caminhadeiras, aviem-se em casa ou então cheguem mais cedo porque nem sempre é possível ter uma pastelaria no local de partida). E lá se foi a hora prevista de chegada.
Próxima paragem e reagrupamento junto ao Santuário do Senhor dos Mártires, onde ficamos a saber que o Rui Damião não era só guia da caminhada mas também era guia cultural, pois fez no local uma exposição muito interessante sobre a história das várias épocas por que passou o Santuário e sobre a sua arquitectura. Podem rever aqui:
Santuário do Senhor dos Mártires
No resto do percurso passámos por arrozais, pinhais e montado, avistámos cegonhas, íbis, corvos marinhos e até uma pequena cobra e terminámos com regresso ao local de partida. Alguns ficaram logo pelo restaurante, cansados e agastados com a extensão do percurso, mas espero que tenham já recuperado o fôlego e possam resmungar: afinal aquilo até me fez bem…  
No restaurante juntou-se a fome dos que tinham caminhado com a vontade de comer dos que tiveram alta da enfermaria. E foram logo 7: o Octávio a recuperar da prótese, a Luz que está mesmo mesmo a ficar boa, o Tozé muito combalido pelo coice da égua, a Lina por uma quedazita, o Rogério com 36,9º de febre (!) e a Carmen e a Luisa por arrasto. Obrigado por terem vindo e ponham-se todos bons depressa.
O almoço foi no restaurante Brazão e constou de entradas, sopa de peixe com ovo escalfado (bem temperada com ervas alentejanas), açorda com carne de porco, sobremesas variadas (e boas, segundo opinião generalizada), café, xiripiti ‘normal’ de 60 (e lançamento mundial de um especial de 75º), para além de uma mesinha com 2 ‘artigos de decoração’ oferta da casa. No final a cozinheira D. Fátima foi ovacionada e levou um beijinho do Gil o que é sinal de agrado geral.
Sempre a pé (o Octávio alijou parte da carga e conseguiu levar todos os verdadeiramente lesionados), seguimos para a visita cultural à Cripta Arqueológica do castelo de Alcácer, sendo que o nosso guia aproveitou o trajecto para nos chamar a atenção para vários monumentos como uma igreja com portal românico, um fórum romano, as muralhas da cidade antiga, etc. E mesmo assim ficou muita coisa para ver no 2º maior concelho de Portugal em dimensão geográfica:
Alcácer do Sal
À chegada dividimo-nos em 2 grupos: enquanto um fazia a visita guiada à Cripta, o outro seguia o Rui Damião num percurso também cultural pela pousada e castelo, trocando depois. A Andreia e o Luís Arruda foram os guias simpáticos e profissionais que nos acompanharam nas visitas à Cripta. 
E já com cerca de 1 hora de atraso em relação ao planeado, fomos tomar o habitual chazinho na pastelaria Conventual onde os bolos caseiros da D. Maria nos aconchegaram para o caminho de regresso.
Até dia 22! Não se esqueçam que é a do Rogério! E do Carnaval!

Mreis/Cpenedo

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

* * *Convocatória . 11ª Caminhada da Época 2016 / 2017* * * Rota do Senhor dos Mártires . Alcácer do Sal . 8 de Fevereiro

Estão todos os Caminhadeiros convidados a participar na 11ª caminhada desta época a realizar em Alcácer do Sal.
Programa:
09h00 – Concentração no parque de estacionamento da margem sul (esquerda) do Sado, junto ao Passeio do Sado, marginal que dá para o cais fluvial e ponte pedonal, frente à cidade de Alcácer do Sal.
Coordenadas GPS:
38º22’10.5”N 8º30’39.9”W ou 38.369579 – 8.511091
09h30 – Início da caminhada – cerca de 12 kms – dificuldade média / baixa
13h00 – Almoço (deslocação a pé até ao restaurante)
15h30 – Visita Cultural
17h00 – Chá
A caminhada é circular com início e fim no ponto de concentração, tem uma pequena subida no início da parte urbana, após o que sairemos para um trilho rural voltando depois a descer para a cidade.
O uso de bastão é dispensável, mas opção é de cada Caminhadeiro. Boa altura para usar o colete reflector, porque vamos caminhar uma parte em estrada.
Não se esqueçam da máquina fotográfica, porque este percurso oferece paisagens dignas de registo.
Como Chegar:
Cerca de 90 kms – 1 hora
De Lisboa pela A2 em direcção ao Algarve, saída 8 para Alcácer do Sal, Av. José Saramago em direcção ao centro de Alcácer, na rotunda do Largo 25 de Abril sair para passar a ponte, e logo a seguir virar à direita para a zona da marginal fluvial (Passeio do Sado).
Como de Costume, agradece-se que as inscrições sejam formalizadas até às 24h00 de Domingo dia 5 de Fevereiro.
Saudações Caminhadeiras em passada emparelhada,

Carlos Penedo / Manuel Reis

ATENÇÃO – Esta não é a caminhada do Carnaval. A do próximo dia 22 é que será a caminhada do Carnaval, organizada como sempre pelo Rogério.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

* * * * * * * * 10ª Caminhada da Época 2016 / 2017 * * * * * * * Em Direcção aos Moinhos da Serra da Aboboreira (Livramento) ________________Dia 25 de Janeiro________________




Álbuns de Fotografias
Luis Martins
Ceu Fialho
Luz Fialho
Dores Alves
Data da Caminhada: 25/01/2017
Local: Livramento e Arredores
Percurso: 9,5 km - 03h00
Caminhantes: Ana Cristina Umbelino, Ana Leão, Angelina Martins, António Palma, Carlos Evangelista, Carlos Penedo, Céu Fialho, Cidália Marta, Clara Maia, Cristina Archer, Dores Alves, Estela Garcia, Fátima Libânio, Fortunato Sousa, Gil Furtado, Gilberto Santos, Graça Sena, Hélia Jorge, João Duarte, João Figueiredo, José Clara, José Marques, Júlia Costa, Lina Fernandes, Lúcio Libânio, Luis Fernandes, Luis Martins, Lurdes Clara, Manuel Barbosa, Manuel Floxo, Manuel Garcia, Manuel Reis, Maria do Céu, Miguel Cardoso, Odete Vicente, Pedro Albuquerque, Quinita Sousa, Rogério Matias, Rosa Silva, Teresa Palma e Vítor Gonçalves.
Não Caminhantes: Luz Fialho e Manuel Pedro
Organizadores: Angelina Martins e Luis Martins
Almoço: Restaurante Erva Doce – Livramento
Próxima Caminhada: Alcácer do Sal (Organização de Manuel Reis e Carlos Penedo
Reportagem: O dia prometia ser fresquinho dada a quantidade de geada que envolvia os campos na viagem de Lisboa (e não só) ao Livramento. Ao chegarmos até nem estava muito mau ou talvez fôssemos aquecidos pelo nosso entusiasmo no começo de mais uma caminhada.
Desta vez num sítio já, para alguns, bem conhecido.
Pelas 9h30, após chegada de todos os alegres e mais ou menos embarretados participantes, lá começámos a caminhar em direcção ao ponto mais alto da freguesia de Azueira: a Serra da Aboboreira.
O início da caminhada foi de baixa dificuldade, por caminhos rurais entre quintas e propriedades que circundam a vertente oeste da vila, e a maior dificuldade, como se previa, foi a íngreme subida da serra até aos moinhos. Deste belo miradouro natural conseguimos identificar muitos pontos na paisagem que já foram palco de outras belas caminhadas efectuadas por este simpático grupo de jovens.
Vencido este obstáculo a restante caminhada foi-se fazendo sem grandes problemas de maior. O passeio terminou à hora prevista, estando a D.Susana (do Restaurante Erva Doce) já posicionada para nos servir o almoço. Penitenciam-se aqui os organizadores por não ter sido previsto o arranjo atempado do ar condicionado com temperatura de 28 graus, pelo menos. Mas fica para a próxima! Parece-nos, contudo, que com a continuação do almoço, a temperatura acabou por subir alguns grauzitos, pelo menos a animação não faltou.
No final do repasto, já com a temperatura corporal mais confortável, foram sorteadas 3 peças surpresa oferecidas pelos organizadores, cujos contemplados foram: Júlia Costa, Manuel Barbosa e Kinita. O pregoeiro bem tentou desviar a sorte do sorteio, mas os nomes dos participantes anunciados à primeira vez eram fictícios, não constando por isso da lista de participantes.
Às 15h00, como também estava previsto, efectuámos a visita ao Atelier ‘Móveis d’Arte Canhoto’ do sr.Firmino Adão Canhoto e Filhos onde fomos recebidos por ele e por sua filha D.Carla, e onde nos foi dado o prazer de (re)ver a sua arte e o seu amor pelo trabalho em madeira. O nosso muito obrigado a ambos pela simpatia, amabilidade e informação. Agradecemos também o presente com que nos brindou e que foram quatro peças musicais executadas, duas, com acordeão e outras duas com gaita de foles.
O habitual chá e bolinhos caseiros foram servidos já no ambiente mais quentinho da sala de almoço do Restaurante Erva Doce. Seguiram-se as despedidas e como sempre os votos de nos tornarmos a ver, o mais tardar, em Alcácer do Sal daqui na 15 dias.
Até lá … não se esqueçam de ter saúde e de serem felizes…….

Angelina e Luis

P.S. Alguns esclarecimentos a dúvidas surgidas quanto à identidade de Livramento e Azueira estarão à vossa disposição nos comentários a esta caminhada.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

* * *Convocatória - 10ª Caminhada da Época 2016 / 2017* * * Em Direcção aos Moinhos da Serra da Aboboreira (Livramento) ________________Dia 25 de Janeiro________________

Estão todos os Caminhadeiros convidados a participar na 10ª desta Época, que se realizará em terras do Oeste, mais precisamente no Livramento, concelho de Mafra.
 Programa:
09h00 – Concentração junto ao Sporting Clube do Livramento e do Restaurante Erva Doce.
(GPS N 39 º 00’ 12.58 – O 9º 17’ 11.47).
09h30 – Início da caminhada – cerca de 9km – grau de dificuldade 2 em 5
13h00 – Almoço
15h00 – Visita cultural
17h00 – Chá
Como chegar:
- Quem vem de Lisboa pela A8: sair na Saída 5 (Ericeira, Mafra e Malveira) entrando na A21. Sair na Saída 2 desta AE e seguir na direcção de Torres Vedras pela N8; cerca de 10Km depois, em Carrascal, após passagem pela Adega Cooperativa da Azueira, no cruzamento após os semáforos, virar à esquerda em direcção ao Livramento (EM 551).    
- Quem vier pelo lado de Torres Vedras pela A8 deve sair na Saída Sul da mesma AE (Saída 7) e entrar na N8 em direcção a Lisboa; cerca de 10 km depois, em Carrascal, a seguir às bombas da Galp, virar à direita para o Livramento (EM 551).
- Quem vier de Mafra deve seguir a estrada para a Encarnação; após meia dúzia de kms há uma placa virada para a direita dizendo Sobral e Livramento. É segui-la até ao Livramento.
Ao chegar ao Livramento estacionar nas imediações do Pavilhão do Sporting Clube do Livramento e do Restaurante Erva Doce.
O uso de bastão é aconselhável em alguns troços do percurso.  
Como é costume agradece-se que as inscrições sejam formalizadas até ao fim do domingo dia 22 de Janeiro.
Saudações caminhadeiras em passada saloia.
Angelina e Luis

domingo, 15 de janeiro de 2017

* * * * * * 9ª Caminhada da Época 2016 / 2017 * * * * * Caminhada dos Falcões . Salvaterra de Magos . Dia 11 de Janeiro




Álbuns de Fotografias
Ceu Fialho
Fortunato de Sousa
Dores Alves
Carlos Evangelista
Luis Martins
Luz Fialho
Data do Encontro: 11 de Janeiro
Local: Salvaterra de Magos
Percurso: 12 Kms – 03:00 horas
Caminhantes: (38) Acilina; Amilcar Queiróz; Ana Cristina Umbelino; Angelina Martins; António Palma; Carlos Evangelista; Carlos Penedo; Céu Fialho; Cidália Marta; Clara Maia; Dores Alves; Estela Garcia; Fátima Libânio; Fortunato Sousa; Gilberto Santos; Gil Furtado; Ilda Poças; João Costa; João Ricardo; Josefa Carrasco; Lúcio Libânio; Luís Martins; Luís Santos; Lurdes Clara; Manuel Barbosa; Manuel Flôxo; Manuel Garcia; Manuel Reis; Margarida Lopes; Miguel Cardoso; Nela Costa; Odete Vicente; Pedro Albuquerque; Rogério Matias; Rosa Silva; Vítor Gonçalves; Zé Clara; Zélia Santos.
Não Caminhantes: (4) Lina Fernandes; Luís Fernandes; Kinita de Sousa; Maria da Luz Fialho;
Organizadores: Rogério Matias
Almoço: Restaurante Escaropim
Próxima Caminhada: 25/01/2017 (Organiza: Angelina Martins e Luís Martins)
Reportagem:
Aos onze dias do mês de Janeiro de 2017 realizou-se em Salvaterra de Magos a caminhada nº 9 do grupo “Os Caminhadeiros”, com o titulo “Caminhadada dos Falcões”, tendo como organizador o caminhadeiro Rogério Matias.
Participaram neste percurso 37 caminhadeiros, mais o guia João Ricardo, que nos acompanhou e nos foi dando informação relevante sobre este bonito local ribatejano à beira Tejo.
A nossa amiga Maria da Luz Fialho também esteve presente desde o início, mas a sua mazela no joelho ainda não lhe permitiu caminhar.
À hora de almoço tivemos a companhia da Kinita, da Lina e do Luís Fernandes.
Durante o almoço, o nosso amigo António Palma pediu o uso da palavra para entregar aos 3 Caminhadeiros Mores, 2 molduras com fotos dos pin´s por ele criados e relativos às caminhadas extraordinárias realizadas desde a época 2011 / 2012 até à época 2015 / 2016. Seguiu-se um merido aplauso por parte de todos e um abraço de agradecimento dos 3 Mores.
A visita cultural teve lugar na Falcoaria Nacional em Salvaterra de Magos. Muito interessante esta visita.
Depois da tomada do chá na Cabana dos Parodiantes de Lisboa, deu-se por encerrado o dia de convívio e todos os caminhadeiros regressaram às suas casas felizes e contentes.
Uma nota final para agradecer o apoio que me foi dado pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.
Vive o melhor de ti.
Saudações caminhadeiras

Bem haja a todos

Rogério Matias

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

* * * * Convocatória . 9ª Caminhada da Época 2016 / 2017 * * * * Caminhada dos Falcões . Salvaterra de Magos . Dia 11 de Janeiro


Eu, Rogério Matias, Caminhadeiro Bastonado, tenho o prazer de vos convocar e convidar para o 1ª evento do ano 2017.
Programa:
·    09h11 - Concentração no parque do Restaurante Escaroupim.
     GPS - N39.066597  W8.757101
·  9h35 - inicio da caminhada com um percurso de aproximadamente 9 kms. O nível de dificuldade é de 3 (escala 1-5)
·    13:02 - Almoço no Restaurante Escaroupim- Largo dos Avieiros.
     (Escaroupim tel. 263107332 / Tlm 912539228)
·  15h43 - Visita à Falcoaria Real (única do País) e recentemente  reconhecida como Património Cultural e Imaterial da Humanidade
·    17h04 - Chá na cabana dos Parodiantes
Como chegar:
      Vila Franca, Porto Alto, Benavente, Salvaterra de Magos
      Na rotunda da praça de touros (Salvaterra) virar à esquerda, seguir  em frente até ao fundo da rua. Tomar a direcção de Escaroupim por mais 6Km, virar depois à esquerda  até ao parque junto ao Rio.
     Alternativa
     1 - Carregado seguir saída 4 para convergir com A10 em direcção Benavente/Algarve
     2 - Após portagens virar à esquerda
     Nota: Distância Lisboa-Salvaterra de Magos 63.5Km cerca 52minutos.
Como é hábito, devem os interessados em participar na caminhada, formalizar as inscrições através dos comentários desta mensagem até ao final do dia do próximo Domingo.
Saudações Caminhadeiras em passada de Ano Novo,

Rogério Matias

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

* * * * * * * * * * * * * * *BOAS FESTAS* * * * * * * * * * * * * * *


P.S. - O Fortunato de Sousa, o Luís Fernandes e o Vítor Gonçalves agradecem em nome de todo o grupo, ao nosso amigo Caminhadeiro Carlos Evangelista, por mais uma vez nesta época de Natal, através da sua capacidade criativa e artística ter produzido este lindíssimo postal de "Boas Festas".

domingo, 18 de dezembro de 2016

* * * * * * * *8ª Caminhada da Época 2016/2017* * * * * * * _Pelas Docas do Cais do Sodré até Algés . Dia 14 de Dezembro_





Albuns de Fotografias
Carlos Evangelista
Dores Alves
Luz Fialho
Luis Martins
Data do Encontro: 14 de Dezembro
Local: Lisboa
Percurso: Pelas Docas do Cais do Sodré até Algés – 10,000 kms – 02:30 horas
Caminhantes: (27) Ana Cristina Umbelino; Angelina Martins; Carlos Evangelista; Céu Fialho; Cidália Marta; Clara Maia; Dores Alves; Estela Garcia; Fortunato de Sousa; Francisco Henriques; Gilberto Santos; Josefa Carrasco; Júlia Costa; Kinita de Sousa; Luís Martins; Luís Santos; Luz Fialho; Manuel Garcia; Manuel Pedro; Manuel Reis; Margarida Lopes; Maria do Céu; Pedro Albuquerque; Rogério Matias; Teresa Palma; Vítor Gonçalves; Zé Clara;
Só ao Almoço: (5) Cristina Sousa; Gil Furtado; Graça Sena; Margarida Graça; Odete Vicente;
Caminhante Convidada: (1) Natália Marques
Organizadores: Kinita de Sousa e Fortunato de Sousa
Almoço: “Restaurante Caravela de Ouro” em Algés
Próxima Caminhada: 11/01/2017 (Organiza: Rogério Matias)
Reportagem: Manda a tradição Caminhadeira, que os 10 kms do percurso pedestre pré-natalício sejam realizados entre o Cais do Sodré e a bonita vila de Algés.É uma caminhada com características diferentes das habituais em vários aspectos, esta do Natal. A começar pelos vários tipos de transporte utilizados pelos participantes para chegar ao local de concentração. Uns vêm de Metropolitano (vulgo Metro), outros vão de carro até Algés e depois viajam de comboio até ao Cais do Sodré, e uma pequena minoria vem caminhando desde o local onde a caminhada terá o seu término, ao encontro dos Caminhadeiros cumpridores rigorosos do percurso. E imaginem ainda, que o grupo de Torres Vedras veio de autocarro até Lisboa em viagem de ida e volta.
A inovação desta vez, foi a distribuição de gorros de "Pai Natal" a cada um dos participantes, que deu um novo visual ao grupo, mas bem enquadrado nesta época festiva.
Também para manter a tradição desta caminhada, o senador Gil Furtado, por volta das 10 horas começa a telefonar ao pessoal para saber onde estamos. Passado meia hora lá aparece em cima de 2 rodas, capacete na cabeça, sorriso aberto de orelha a orelha e ziguezaguiando por entre as docas como se fosse um puto que aprendeu a andar de bicicleta no dia anterior. E há ainda os que só aparecem ao almoço, sempre com ar muito atarefado, como se tivessem estado toda a manhã a tratar dos casos mais difíceis da humanidade.
É minha opinião que a previsão meteorológica possa ter desincentivado alguns a participar nesta jornada. Se assim foi, perderam um bom passeio à beira Tejo numa manhã cheia de Sol de Inverno. Da chuva anunciada, apenas umas pingas quase despercebidas.
Depois veio o almoço servido também no restaurante do costume. Primoroso, esmerado e apurado, é assim que me apetece classificar a confecção e o serviço prestados. Tudo isto enriquecido pelo inigualável ambiente que se gera e vive neste também inigualável grupo em boa hora criado já lá vão 10 anos. A tal terapia de grupo de 15 em 15 dias, como alguém já denominou estas Quartas-Feiras.
Durante o almoço fomos recebendo de muitos Caminhadeiros ausentes, telefonemas a dizer que embora não estando fisicamente presentes, estavam connosco. A todos eles o nosso obrigado e perdoem não mencionar os nomes por receio de me esquecer de algém.
Também durante o repasto, quiseram as manas Maria do Céu e Maria da Luz oferecer a cada participante uma linda "Estrela de Natal". Para além de serem obra da sua autoria, caracterizam bem a generosidade desta vez natalícia das manas Fialho.
Ainda no restaurante, recebemos a visita da nossa amiga Gabriela Bentes, que há já muito tempo não participava nos nossos eventos.
Seguiu-se a visita cultural ao MAAT. E é aqui que temos de tecer alguma opinião crítica negativa acerca deste espaço recém inaugurado. A guia que nos conduziu durante a visita, bem se esforçou por disfarçar a pobreza dos acabamentos e dos mosaicos que tiveram que ser importados do país vizinho, evidenciando os créditos atribuídos à arquitecta responsável pelo projecto, a britânica Amanda Levete.
A exposição artística no vasto espaço oval interior e a extraordinária panorâmica que se obtém do miradouro, salvaram a honra do museu.
Já com o grupo diminuído, regressámos ao local do almoço para completar a última parte do programa do dia. Chá acompanhado de vasta doçaria, onde não faltou o tradicional “Bolo Rei” que tão bem caracteriza esta época natalícia e de final de ano.
Por fim, realçar as 3 novas participações nesta caminhada:
A Natália (convidada da nossa amiga Júlia Costa), residente em Macau, que enriqueceu a sua estadia no país com esta participação.
O Francisco Henriques, neto da Caminhadeira Cidália, que resistiu até ao fim e conseguiu adaptar-se ao convívio com os amigos da avó, todos eles com um escalão etário bem diferente. 
E a Luísa Sousa Correia, neta dos organizadores do evento. Com os seus 4 meses, deve ter sido a Caminhadeira mais nova a participar em caminhadas do nosso grupo.
Saudações Caminhadeiras em passada de “Boas Festas”,
Fortunato de Sousa

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

* * * * Convocatória - 8ª Caminhada da Época 2016 / 2017 * * * * _Pelas Docas do Cais do Sodré até Algés - Dia 14 de Dezembro_

Estáo os Caminhadeiros convidados a participar na última caminhada do ano 2016 e  8ª da época em curso.
Seguindo  o critério utilizado em anos anteriores, vamos de novo caminhar na zona ribeirinha da bonita cidade de Lisboa, entre o Cais do Sodré e Algés.
O Programa preparado para a próxima Quarta-Feira dia 14 será o seguinte:
09:00 horas – Concentração junto à estação dos comboios do Cais do Sodré.
09:30 horas – Início da caminhada.
13:00 horas – Almoço no restaurante “Caravela de Ouro”, localizado no Jardim de Algés.
15:45 horas – Visita Cultural ao MAAT.
17:30 horas – Chá de final de dia, que será servido e tomado  no mesmo local do almoço.
Dado que o percurso terá início no Cais do Sodré, termina em Algés e tanto o almoço como o chá também aqui terão lugar, aconselho que levem as vossas viaturas até Algés e daqui podem ir de comboio até ao Cqais do Sodré.
Os interessados em participar no evento, devem formalizar as inscrições até ao final do próximo Domingo dia 11, através dos comentários desta mensagem.
Saudações Caminhadeiras em passada natalícia,

Fortunato de Sousa