sexta-feira, 5 de julho de 2019

* * * * * *Caminhada de Final de Época 2018 / 2019* * * * * * ____Monfrague . Espanha . Dias 28, 29 e 30 de Junho____



Álbuns de Fotografias
Raul Almeida
Ilda Poças
Céu Fialho
Acilina Couto
Dores Alves
Angelina Martins
Luis Martins I
Luis Martins II
Luz Fialho
Data do encontro – 28, 29 e 30 de Junho de 2019
Local – Parque Nacional de Monfrague / Trujillo
Percurso – Salto del Gitano
Distância – 6 Kms
Participantes: (50) Acilina Couto, Ana Almeida, Ana Bela Fernandes, Ana Cristina Umbelino, Ana Leão, Ana Luísa Geraldes, Angelina Martins, António Bernardino, António Geraldes, António Palma, Ceu Fialho, Chico Pires, Cidália Marta, Clara Maia, Estela Garcia, Fátima Libânio, Fortunato de Sousa, Graça Raposo, Hélia Jorge, Ilda Poças, João Figueiredo, José Clara, José Raposo, Josefa Carrasco, Júlia Costa, Lídia Albuquerque, Lina Fernandes, Lúcio Libânio, Luís Fernandes, Luís Martins, Luísa Gonçalves, Lurdes Barbosa, Lurdes Clara, Luz Fialho, Manuel Barbosa, Manuel Garcia, Manuel Pedro, Manuel Reis, Margarida Galvão, Margarida Lopes, Maria do Céu, Odete Vicente, Pedro Albuquerque, Raul Almeida, Rogério Matias, Rosário Brazão, Samuel Coias, Socorro Bernardino, Tomás Martins, Vítor Gonçalves
Não Caminharam: (16) António Clemente, Carmen Firme, Carlos Penedo, Dores Alves; Gil Furtado, Gonçalo Garcia, Graça Sena, Helena Meleiro, Isabel Branco, João Duarte, Luísa Clemente, Octávio Firme, Quinita de Sousa, Teresa Palma, Tomáz Pessanha, Virgílio Vargas.
Organizadores – Carmen Firme, Fortunato de Sousa, Luís Fernandes, Octávio Firme e Vítor Gonçalves.
Próxima Caminhada – 18 de Setembro (organizam Dores Alves e Pedro Albuquerque)

Reportagem:

Sexta-feira, 28 de Março

A viagem decorreu sem história até ao destino previsto, apenas com uma paragem para desentorpecer as pernas e outras partes anatómicas, num hotel nos arredores de Elvas.
Quando chegámos ao hotel, foi difícil atravessar a faixa entre o fresquinho do autocarro e o fresquinho do hotel – 20h já passadas, estavam 38 graus (ligeiras variantes, conforme os equipamentos de leitura…)!
Check-in, pequenos refrescamentos e toca a jantar. Foi apreciada a criatividade da cozinha.
O serão foi ocupado em convívios vários, no cenário que a coragem de cada um escolheu – o ar condicionado do interior ou o bafo estrelado exterior.

Sábado, 29

No dia seguinte, de manhã, continuava a ser a temperatura a condicionar as escolhas. Antecipou-se a hora da caminhada. Mas, mesmo assim, os mais prudentes decidiram ficar no hotel. Os mais intrépidos marcharam para o autocarro. Mas, muitos, receosos…
Em Villareal de San Carlos encontrámo-nos com o nosso guia, de seu nome Valentin, que, vendo o panorama, se amerceou de nós e nos propôs um percurso um pouco mais curto do que o previsto. O que logo foi (jubilosamente) aceite!
Assim - digo-o já, para não fazer sofrer os leitores mais ansiosos! - , com algum esforço e muita água, a coisa acabou por se passar bem e todos sobrevivemos.
Os bravos do pelotão viram recompensada a sua coragem, pois o percurso, quase sempre nas imediações do rio Tejo, merecia o esforço. Os dois pontos altos foram a Puente del Cardenal, um pouco abaixo da desembocadura do afluente Tiétar, e o Salto del Gitano, joia da coroa do Parque Nacional de Monfrague, tal como a reportagem audiovisual seguramente mostrará. Aí, alem de admirar a paisagem, tivemos a ocasião de observar os abutres e outros rapaces que habitam nesta região.
No fim da caminhada, fomos recolhidos pelo autocarro, que já trazia os membros do grupo que tinham ficado no hotel, e fomos todos visitar o Centro Interpretativo do Parque. O amigo Valentin falou-nos resumidamente do ecosistema, da fauna e da flora. O Centro, com uma arquitectura interior muito original, exibia ainda numerosos painéis com muita informação, escrita e multimédia. Terminámos a visita assistindo a um pequeno documentário sobre o Parque.
O almoço não correu tão bem como esperado. Os organizadores, claro, aborreceram-se. E reclamaram. Os restantes comensais fizeram algum chinfrim, mas em breve o episódio da paella de Monfrague passará à categoria de anedota histórica Caminhadeira, em tão boa companhia como a do cozido salgado (ou do salmão da Batalha… … …).
Recolheu-se ao hotel, para um período de repouso, que cada qual aproveitou a seu gosto.
Pelas 19h, realizou-se a tradicional sessão da temporada Caminhadeira.
Iniciou a sessão o Caminhadeiro Fortunato Balão, que referiu admitir que ultimamente tem dado menos apoio ao grupo, em razão de se ter dedicado a outro projecto, de que agora é coordenador (Coro de S. Vicente de Telheiras). No entanto, continuará a contribuir para o grupo, nomeadamente organizando as Caminhadas de Avós e Netos.
De seguida, o Caminhadeiro Vítor Gonçalves referiu o mesmo assunto, que considerou ser pacífico entre os três Mores.
Passou-se depois à distribuição dos prémios anuais, que foram estes:
Bastão de Bronze - Raul Almeida
Bastão de Prata - Céu Fialho, Luz Fialho e Estela Garcia
Bastão de Ouro - Manuel Reis
Troféu 1000 Km - Quinita de Sousa, António Clemente e António Palma
Troféu Caminhadeiro Estatístico - Manuel Pedro
A sessão encerrou com um rico acto de variedades por parte de alguns Caminhadeiros, que incluíu canto, poesia, sketch teatral, standup, karaoke e espero não estar a esquecer-me de nenhuma modalidade!
Seguiu-se o jantar, tal como o do dia anterior no hotel onde nos encontrávamos instalados.
A noite estava menos quente que a anterior, houve mais gente a ver as estrelas.

Domingo, 30

Após o pequeno almoço, partimos para Trujillo, cujo centro histórico é Património da Humanidade.
Durante o período livre de que gozaram, na cidade, dividiram-se os Caminhadeiros segundo os seus apetites, uns mais património, outros mais lojas, outros ainda um combinado de ambos, todos sob um razoável calor.
Uma vez mais, serão as fotografias a demonstrar a razão por que a cidade foi distinguida pela Unesco.
A parte gastronómica do passeio foi encerrada com chave de ouro no restaurante “Los Alfares”, em Arroyo de la Luz, já bem perto da fronteira.
O resto da viagem, até Lisboa foi animado com as cantorias de alguns, o que não impediu que outros ronronassem mansamente.
No final, ainda agradecemos ao sr. Paulo a maneira correcta e segura como nos conduziu durante todo o passeio.
E despedimo-nos todos, até Setembro.

Saudações caminhadeiras, em passada veraneante.
Maria do Céu Fialho, escriba (in)voluntária

quinta-feira, 20 de junho de 2019

* * Convocatória . Caminhada de Final de Época 2018 / 2019 ** _____Monfrague - Espanha . Dias 28, 29 e 30 de Junho_____

Esta convocatória tem apenas como finalidade formalizar a sua publicação.
As inscrições foram efectuadas por outra via e já se encontram encerradas.
Saudações Caminhadeiras em passada ibérica, entusiasmante e alegre de final de época,

Fortunato de Sousa

P.S. - O seguro de acidentes pessoais é da responsabilidade de cada participante.

sábado, 15 de junho de 2019

* * * * * * * *18ª Caminhada da Época 2018 / 2019* * * * * * * * _Andar nos Caminhos da Batalha da Roliça . Dia 12 de Junho_



Álbuns de Fotografias
Raul Almeida
Céu Fialho
Luz Fialho
Luis Martins
Ilda Poças (Video)
Ilda Poças
Data do encontro: 12/06/2019
Local do encontro: Roliça
Percurso: 9 Kms  - 2h30m
Caminhantes: (30) Acilina Caneco; Ana Cristina Umbelino; Angelina Martins; António Palma; Carmen Firme; Céu Fialho; Clara Maia; Estela Garcia; Fernando Bernardino; Fortunato de Sousa; Gilberto Santos; Ilda Poças; João Figueiredo; Kinita de Sousa; Luís Martins; Luísa Gonçalves; Lurdes Clara; Luz Fialho; Manuel Garcia; Manuel Pedro; Margarida Lopes; Margarida Serôdio; Maria do Céu; Octávio Firme;  Raúl Almeida; Rogério Matias; Samuel Coias; Socorro Bernardino; Vítor Gonçalves; Zé Clara;
Almoço: Piquenique no Parque de Merendas do Carvalhal
Próxima Caminhada: 28, 29 e 30 de Junho; (Organizam: Carmen Firme; Octávio Firme; Luís Fernandes e Vítor Gonçalves)
Reportagem:
No  dia 12 do mês de Junho de 2019 realizou-se a caminhada nº18 do  Grupo “Os Caminhadeiros” com o nome “Andar nos caminhos da Batalha da Roliça”, tendo como organizador o caminhadeiro Rogério Matias. Contou com a presença de 30 caminhadeiros e o programa foi o seguinte:
  •       9h00 concentração nas bombas de gasolina Ferreira na Roliça
  •      9h25 inicio da caminhada
  •      Nous serons acompagnés pour le “Commandant” François Quijano que vient exprès     de Paris pour notre promenade
  •      11h00 sessão de boas vindas pela presidente da Junta  da freguesia da Roliça
  •    13h00 Piquenique no parque de merendas do Santuário do Bom Jesus do Carvalhal     (mesmo do ano passado)
  •       15h Inicio da animação cultural com a “prata da casa”
De acordo com o programa, demos inicio à caminhada e tivemos como guia o “historiador” o amigo François que vive em Portugal há 20 anos e sempre interessado na nossa história
Pelas 11 h tivemos a sessão de Boas vindas pela Presidente da Junta da freguesia da Roliça, acompanhada pelo vice-presidente e tesoureira.
Fomos presenteados com fruta e águas (bonito jesto).
Regressamos depois ao local do piquenique, todo ele partilhado por todos e eu que o diga.
Seguiu-se a parte lúdica com os artistas da casa. Parabéns a todos, foram espectaculares. Durante o piquenique tivemos a presença do acordeonista António.
Pelas 17h foi servido caldo verde, gentilmente trazido pelo Victor Gonçalves. Deu- se por encerrado o dia de convívio e todos os caminhadeiros  regressaram às suas casas felizes e contentes.

Vive o melhor de ti.

Saudações caminhadeiras
Bem haja a todos,

Rogério Matias

quarta-feira, 5 de junho de 2019

* * * *Convocatória . 18ª Caminhada da Época 2018 / 2019* * * * __Andar nos caminhos da batalha da Roliça. Dia 12 de Junho__

No dia 17 Agosto de 1808 e em reacção à 1 invasão francesa de Portugal, desenrolou-se  nestas colinas a batalha da Roliça entre o exército Napoleónico, comandado pelo  general Delaborde e as tropas anglo-lusas comandadas pelo general Wellesley.


Distância: 8Km
Nível de dificuldade: 1,2,3 e 4
Programa:
9h00 concentração nas bombas de gasolina Ferreira na Roliça (frente ao cemitério)
Coordenadas:
39º18'41"N 09º11'07"W  (39.311389, -9.185278)

(Podem tomar pequeno almoço no café das bombas
9h25 inicio da caminhada
Nous serons acompagnés pour le “Commandant” François   Quijano que vient exprès de Paris pour notre promenade
11h sessão de boas vindas pela presidente da Junta  da freguesia da Roliça
13h Piquenique no parque de merendas do Santuário do Bom Jesus do Carvalhal (mesmo do ano passado)
A ORGANIZAÇÂO OFERECE O CALDO VERDE
Coordenadas:
Carvalhal  39°16'59.0"N 9°08'07.0"W (39.283056, -9.135278)
15h Inicio da animação cultural com a “prata da casa”
Nota. O quiosque do recinto vai estar aberto voluntariamente para servir bebidas e café

Como chegar: 
1. A8
2. Saida 12
3. Virar à direita
4. Seguir 3.5Km, vire à esquerda  (Roliça)
5. Depois da atravessar passagem de nível siga em frente até encontrar as bombas. Estacione
Regresso ao local do piquenique:
Tomar o sentido inverso, seguindo sempre em frente, direcção Santuário


Vive o melhor de Ti
Rogério Matias

segunda-feira, 3 de junho de 2019

* * * * * * * * 17ª Caminhada da Época 2018 / 2019 * * * * * * * * ________Trilhos do Conhal . Nisa . Dia 29 de Maio________




Álbuns de Fotografias:
Data do encontro: 29/05/2019
Local do encontro: Arneiro (Santana)
Percurso: PR4 8,5 Km   2h30m - PR9 10 km 2h30
Caminhantes: (28)   
Acilina Caneco; Ana Umbelino; Angelina Martins; Carlos Penedo; Cidália Marta; Clara Maia; Estela Garcia; Fernando Bernardino; Fortunato de Sousa; Graça Sena; João Figueiredo; José Iglesias; Julia Costa; Lina Fernandes; Luis Fernandes; Luis Martins; Luisa Gonçalves; Manuel Barbosa; Manuel GarciaManuel Pedro; Manuel Reis; Maria do Céu; Margarida Galvão; Margarida Serôdio; Raul Almeida; Socorro Bernardino; Teresa Viras;   Vitor Gonçalves; 
Almoço: Restaurante "O Túlio"
Próxima Caminhada: 12/06/2019; (Organiza Rogério Matiasm)
Reportagem:
Voltaram Os Caminhadeiros ao Arneiro, perto de Nisa, local este bem conhecido de uma grande parte dos elementos do nosso grupo. Foi no ano de 2007 que pela 1.a vez aqui nos deslocamos para realizar o bonito percurso "Trilhos do Conhal".
Desta vez o Fernando Bernardino, caminhadeiro fundador do grupo, quis reviver bonitos momentos aqui passados e dar a conhecer a quem ainda não conhecia, o que é um programa caminhadeiro por estas terras do Norte alentejano.
Alguns dos participantes vieram no dia anterior, para poderem usufruir da vária oferta turística da região. Outros vieram no próprio dia e à hora da concentração lá estavam os perto de 28 participantes para realizar a 1.a parte do programa: caminhar.
Eram 2 os percursos previamente anunciados, um mais curto e outro mais longo, de modo a ir ao encontro das capacidades físicas do pessoal participante. Depois de uma breve descrição dos itinerários, decidiu a maioria efectuar o percurso mais curto, e um mini grupo de 9 caminhadeiros aventurou-se pelo percurso PR4, este já bem conhecido de caminhadas anteriores.
No final, todos estavam satisfeitos com a opção tomada.

Seguiu-se o almoço tradicional de peixe do rio frito e em sopa, servido pelo nosso amigo Inácio no restaurante "Túlio". É esta família que tão bem nos tem tratado desde a 1.a vez que aqui viemos, já lá vão 12 anos.
E também como de costume, a seguir ao repasto, presenteou-nos o Inácio com um programa musical nos mesmos moldes dos anos anteriores. A colaboração e espontaneidade dos dotes artísticos de vários participantes, complementaram uma excelente tarde cultural.

O chá de final de dia deu por terminado mais um excelente dia caminhadeiro, com o sentimento generalizado que no futuro devemos voltar ao Arneiro.
Saudações Caminhadeiras em passada resumida, mas alegre e feliz,

Fortunato de Sousa

quarta-feira, 22 de maio de 2019

* * * *Convocatória . 17ª Caminhada da Época 2018 / 2019* * * * ________Trilhos do Conhal . Nisa . Dia 29 de Maio________

Estão os Caminhadeiros convocados para a próxima caminhada, que se vai realizar na região Norte do Alentejo, mais especificamente no Arneiro, perto de Nisa.
Para quem anda nestas aventuras desde o dia 05 de Março de 2008 e participou na 5ª caminhada da época 2007 / 2008, irá reviver momentos muito alegres e divertidos. Para os que ainda não conhecem estes caminhos, estas gentes e esta gastronomia, tem agora uma excelente oportunidade de dar por bem entregue o dia que aqui vai passar.
O programa do dia será o seguinte:
09:00 horas - Concentração na povoação denominada Arneiro (Santana)
Coordenadas:39º 36' 58" N, 7º 42' 8" W  (39.616111, -7.702222)
09:30 horas - Início da caminhada que desta vez terá 2 opções:
Percurso 1 - PR9 (8,500 kms com indíce de dificuldade médio baixo)
Percurso 2 - PR4 (11 kms com indíce de dificuldade médio alto)
13:00 horas - Almoço no Retaurante "O Túlio"
A componente cultural, será preenchida com animação variada no local do almoço. 
O chá de final de dia também será tomado neste mesmo lugar.
Esperamos que este programa seja motivo suficiente e convincente para nos acompanharem na próxima Quarta-Feira até Nisa. Para tal, basta que formalizem as vossas inscrições até ao final do dia do próximo Domingo.
Saudações Caminhadeiras em passada Luso Brasileira,

Socorro e Fernando Bernardino

sábado, 18 de maio de 2019

* * * * * * * * 16ª Caminhada da Época 2018 / 2019 * * * * * * * _______Duna da Cresmina . Guincho . Dia 15 de Maio______


Álbuns de Fotografias
Luis Martins
Raul Almeida
Céu Fialho
Acilina Couto
Ilda Poças
Dores Alves
Luz Fialho
Carlos Evangelista (Video)
Data do encontro: 15/05/2019
Local do encontro: Guincho, Cascais
Percurso: 8 Km   2h30m
Caminhantes: (44) Acilina Couto, Ana Cristina Umbelino, Ana Leão, António Bernardino, António Dores Alves, António Palma, Carlos Evangelista, Céu Fialho, Clara Maia, Estela Garcia, Fátima Libânio, Fernando Pedroso, Fortunato Sousa, Gilberto Santos, Graça Raposo, Graça Sena, Hélia Jorge, Ilda Poças, Isabelina Jorge, João Duarte, João Figueiredo, José Clara, José Raposo, Júlia Costa, Lina Fernandes, Lúcio Libânio, Luís Fernandes, Luísa Gonçalves, Lurdes Clara, Luz Fialho, Manuel Barbosa, Manuel Garcia, Manuel Pedro, Manuel Reis, Margarida Lopes, Margarida Serôdio, Maria do Céu, Odete Vicente, Quinita Sousa, Raul Almeida, Rogério Matias, Socorro Bernardino, Teresa Palma, Vítor Gonçalves 
Presentes à Visita e ao Chá: Angelina Martins e Luís Martins
Almoço: Restaurante Ponto Verde (Alcabideche)
Próxima Caminhada: 29/05/2019; (Organizam: António e Socorro Bernardino
Reportagem: 
Os dados estavam lançados mas os imprevistos acontecem. Não é francamente normal que os organizadores das caminhadas não estejam presentes nas mesmas. Mas infelizmente já nos aconteceu isso por duas vezes. Não somos muito supersticiosos mas achamos que futuramente procuraremos ter sempre uma equipa mais alargada para a organização duma caminhada. É cá por coisas…
No entanto, o que interessa é não perder o ritmo e, bem ou mal, continuarmos com este convívio tão salutar e tão querido de todos nós. Também não é normal que quem não fez parte da jornada fale dela; mas, e há sempre um mas…, é muito bom verificarmos que os momentos de convívio e as paisagens escolhidos por nós são admirados por todos numa ou noutra altura do dia. 
Quando preparámos o passeio pela Duna da Cresmina e marginal do Guincho pensámos que certamente os nossos amigos iriam gostar tanto quanto nós gostámos ao tê-la preparado. 
Pensamos que o almoço num restaurante já conhecido dos Caminhadeiros também não seria, e não foi, uma má aposta. 
Quanto ao resto do dia, já na vossa companhia, correu da forma habitual, com a animação pós-almoço mais acentuada e descontraída. No Museu, como já vem sendo habitual, tivemos uma excelente guia, a D. Margarida Antunes, que, além de ter imensos conhecimentos que tanto nos aproveitaram, teve também uma paciência de santa. Não sabemos se houve aproveitamento da visita mas, pelo menos, sentimos que continuamos a gostar do que é português e feito pelos portugueses.
E após o tradicional ‘chá das 5’, no ‘Flor de Lys’ na Amoreira, lá nos despedimos sempre pensando que nos voltaremos a ver o mais tardar dentro de 15 dias no Arneiro.

Saudações Caminhadeiras.

Angelina e Luís

P.S.: Queremos agradecer a todos aqueles – Vítor G., Lurdes C., Zé C., João F., Carlos E. – que, de diversos modos, nos ajudaram a concretizar a Caminhada que não pudemos iniciar.
A todos um muito grande Obrigado! 

quarta-feira, 8 de maio de 2019

* * * *Convocatória . 16ª Caminhada da Época 2018 / 2019* * * * ______Duna da Cresmina . Guincho . Dia 15 de Maio_______

Estão os Caminhadeiros convidados a participar na 16ª Caminhada da Época 2018/2019 que se realizará na região do Guincho/Cascais e que terá o seguinte programa:



09h00 - Concentração no Parque de Estacionamento do Núcleo Interpretativo da Duna da Cresmina. Situa-se em frente ao Guincho, perto da entrada no Parque de Campismo da Orbitur. Há café e outras coisas a partir das 09h00
Coordenadas: 38º43´36"N 09º28´06"W ou 38.726667, -9.468333
09h30 - Inicio da Caminhada com um percurso de cerca de 9 Kms, com índice de dificuldade baixa. Recomendamos o uso de colete reflector (pois vamos atravessar a marginal por duas vezes), de protector solar e de chapéu para a cabeça. 
13h00 - Almoço no Restaurante Ponto Verde, sito na rua João Pires Correia, 229 Alcabideche. 
Coordenadas: 38º43´55.6"N 9º24´33.0"W ou 38.732111, -9.409167
15h30 - Visita ao Museu da Música Portuguesa – na Casa Verdades de Faria – sito na Av. Sabóia, 1146 Monte Estoril.
Coordenadas: 38°42'35.1"N 9°24'18.8"W ou 38.709758, -9.405208
17h00 - Chá no ‘Flor de Lys’ – R.António Gedeão, 102 – Amoreira, Cascais. Coordenadas: 38°42'51.8"N 9°24'31.8"W ou 38.714381, -9.408831
Como de costume as inscrições encerram-se no fim do domingo 12/05/2019.
Saudações Caminhadeiras,

Angelina e Luis Martins – 969 253 439 e 919 271 086

segunda-feira, 6 de maio de 2019

* * * * * * * * 15ª Caminhada da Época 2018 / 2019 * * * * * * * ___Pela Nova Eco-Via de Cabeço de Vide . Dia 01 de Maio___




Álbuns de Fotografias
Céu Fialho
Luz Fialho
Luis Martins I
Luis Martins II
Luis Martins III
Raul Almeida
Dores Alves
Acilina Couto
Data do encontro: 01/05/2019
Local do encontro: Cabeço de Vide
Percurso: 10 Km   2h30m
Caminhantes: (44)   
Acilina Caneco;António Clemente;Luisa Clemente;Dores Alves;Carlos Penedo;Fernando Bernardino;Socorro Bernardino;Fortunato de Sousa;Kinita Sousa;Luis Fernandes;Lina Fernandes;Ana Bela Fernandes;Luis Martins;Angelina Martins;João Duarte;Teresa Palma;Manuel Garcia;Estela Garcia;Odete Vicente;Cidália Marta;Manuel Pedro;Maria do Céu;Vitor Gonçalves;Luisa Gonçalves;Rogério Matias;Céu Fialho;Luz Fialho;Ana Umbelino;Margarida Lopes;Zé Clara;Lurdes Clara;Hélia Jorge;Tomaz Pessanha;João Figueiredo;Margarida Serôdio;Helena Meleiro;Raúl Almeida;Ana Almeida;Virgílio Vargas;Teresa Viras;António Pires;Francisco Pires;Carmen Firme;Octávio Firme
Almoço: Estalagem Rainha D. Leonor
Próxima Caminhada: 15/05/2019; (Organizam: Angelina e Luís Martins)
Reportagem:
Como já tinha sido referido na convocatória, esta caminhada, embora sendo considerada ‘normal’, tinha algumas características que a aproximavam de uma caminhada ‘extraordinária’, nomeadamente nos aspetos logísticos e de preparação de um programa para quem fosse de véspera.
Para que tudo corresse o melhor possível e apesar de terem feito uma primeira viagem exploratória em Fevereiro, os organizadores foram juntamente com o casal Clemente na segunda-feira.
Na terça-feira, ainda de manhã, começaram a chegar os primeiros caminhadeiros e ao almoço já éramos 19 convivas. Da parte da tarde foram chegando os restantes participantes inscritos e deu-se
início à experiência termal, oferecida pela Junta de freguesia de Cabeço de Vide e  organizada pelo coordenador das termas Sr Tomás Bagulho; de uma maneira geral, foi oferecida aos participantes interessados uma experiência dos tipos de tratamento que as Termas da Sulfúrea oferecem, desde o Vichy à Agulheta. Pelos comentários julgamos que, ainda este ano, as Termas irão ter mais alguns clientes…
Os que não estiveram interessados  aproveitaram a magnífica tarde para conviver à sombra da esplanada montada junto à entrada do restaurante.
Ao jantar, que teve lugar, mais uma vez, no Restaurante da Estalagem Rainha D. Leonor, já estiveram presentes todos os que estavam inscritos para ir de véspera.
O dia 1 amanheceu nublado e fresco, ideal para uma caminhada. À hora combinada chegaram os restantes 8 caminhadeiros e, depois da fotografia da praxe, passou-se a uma breve explicação do percurso e da surpresa prevista para o fim da caminhada, lá iniciámos a inauguração oficiosa da nova eco-via construida no traçado da antiga linha de caminho-de-ferro que ligava Portalegre a Estremoz. De assinalar que o piso é ótimo e a eco-via, se não a deixarem degradar, poderá proporcionar excelentes caminhadas no futuro quer para leste (Portalegre), quer para sudoeste (Fronteira).
A surpresa preparada consistia na possibilidade de, no final da caminhada, quem assim o pretendesse, poderia fazer um percurso contra a corrente, na piscina das termas, com água muito fria, para estimular a circulação sanguínea. Pelos comentários que ouvi, quem ousou experimentar, ficou bastante satisfeito.
Seguiu-se o almoço, para o qual convidámos o presidente da Junta de Cabeço de Vide, -  Sr João Velez, que mais uma vez foi incansável no apoio à organização; por esse motivo, foi-lhe entregue pela Carmen uma placa nomeando-o ‘Caminhadeiro Honorário’. O almoço decorreu com a animação que é habitual, com os brindes e as libações do costume e a qualidade manteve-se, ainda que ligeiramente abaixo do nos foi apresentado há três anos, dentro de padrões bastante aceitáveis.
Seguiu-se a parte cultural que consistiu na visita à igreja do Espírito Santo ( atenção: não se trata do ex banqueiro) e à igreja Matriz, acompanhados pela Irmã Carma. Como as explicações foram muito poucas, quem estiver interessado em saber mais sobre a Igreja do Espírito Santo pode aceder ao link: https://www.flickr.com/photos/vitor107/5936144663. Esta pesquisa foi efetuada pela Luz Fialho a quem agradecemos a informação.
Terminámos mais esta aventura caminhadeira com os habituais chá e bolinhos.
A nosso pedido, a D.Anita, concessionária da exploração da Estalagem e Restaurante Rainha D. Leonor trouxe alguns produtos de salsicharia da sua produção que disponibilizou para venda a quem esteve interessado.
De regresso a casa, resta-nos agradecer a presença e companhia amiga dos 44 caminhadeiros que quiseram estar connosco nesta aventura pelo Norte Alentejano e solicitar a vossa benevolência para as falhas, porque sabemos que as houve.

Saudações Caminhadeiras em passada alentejana,

Carmen e Octávio

quinta-feira, 25 de abril de 2019

* * * * Convocatória - 15ª Caminhada da Época 2018 / 2019 * * * ___Pela Nova Eco-Via de Cabeço de Vide . Dia 01 de Maio___


Convidam-se todos os caminhadeiros a participar na XV caminhada da época, desta vez na vila alentejana de Cabeço de Vide.
Esta caminhada, embora não seja considerada extraordinária, tem algumas características diferentes de uma caminhada normal. Foi dada aos participantes a possibilidade de se deslocarem de véspera e, a pensar nessa ocorrência e também porque Cabeço de Vide é uma estância termal, vai haver , para quem assim o pretender, a possibilidade de fazer uma experiência termal. Desde já manifestamos os nossos agradecimentos à Junta de Freguesia de Cabeço de Vide, na pessoa do seu presidente, Sr João Velez que, gratuitamente, a vai proporcionar.
Solicita-se a quem já se inscreveu (36 caminhadeiros), que na terça feira, embora não haja uma hora marcada, se apresentem relativamente cedo; ir cedo vai permitir uma gestão mais facilitada da entrada de um grupo tão alargado no circuito termal. Aconselha-se a quem pretender efetuar esta experiência a levar chinelos, fato de banho, toalha, touca e roupão; o roupão é aconselhável, porque no seguimento da experiência, deverá haver um período de repouso de cerca de 20 minutos.
Iremos fazer a inauguração ( não sei se oficial ) da eco-via que liga Cabeço de Vide à  sede do concelho – Fronteira -. O percurso terá cerca de dez Quilómetros.
Como chegar:
Para quem vai a partir de Lisboa há vários caminhos possíveis: penso que o melhor percurso é apanhar a A1 até à saída para a A23, continuar pela A23 até à primeira saída para Abrantes, atravessar o Tejo em Abrantes, continuar pelo Rossio de Abrantes até Ponte de Sor, continuar para Alter do Chão e no centro de Alter virar à direita e seguir as placas até Cabeço de Vide ( cerca de 9 Kms ).(clicar a seguir para ver) As termas ficam a cerca de 2kms da povoação e há placas a dizer Sulfúrea.
Para quem vai de véspera as refeições podem ser tomadas no restaurante das termas que é gerido pela mesma empresa que nos vai servir o almoço de quarta-feira e cuja qualidade é garantidamente boa, sendo o preço muito aceitável. (penso que inferior a 10 E por pessoa/refeição). As refeições e a estadia deverão ser liquidadas  pelos participantes junto das entidades fornecedoras doa respectivos serviços. Como somos um grupo relativamente grande e os alojamentos não abundam vamos ocupar dois tipos de alojamentos, como aliás já aconteceu aquando da nossa primeira caminhada em Cabeço de Vide: A Estalagem Rainha D. Leonor e a Residencial das Termas.
Para o dia 1  de Maio:
Às 09.00 reunião com  fotografia da praxe.
Às 09.30 saída para a caminhada pela nova eco-via.
Às 13.00 almoço no Restaurante da Estalagem Rainha D. Leonor
Às 15.30 visita guiada à igreja de Cabeço de Vide
ÀS 17.00 Chá de encerramento no mesmo local do almoço seguido do regresso a casa.
Como sempre as inscrições, para os que não vão de véspera, deverão ser efectuadas, o mais tardar, até às 24.00 de domingo, dia 28.
Estarei em Cabeço de Vide a partir de segunda-feira dia 29, contactável pelo telefone 917888249.
Desejamos uma boa viagem para todos e espero que se divirtam bastante em mais esta aventura, agora no Norte Alentejano.

Carmen e Octávio

P.S. - O seguro de acidentes pessoais é da responsabilidade de cada participante.

Informação adicional interessante: Por que é que a NASA está tão interessada na pequena localidade alentejana de Cabeço de Vide?