sábado, 25 de outubro de 2008

4ª Caminhada 2008/2009 Tapada de Mafra - 24 de Outubro



Data da Caminhada: 24/10/2008
Local: Tapada de Mafra Percurso: 13,400 Kms / 02:40 Horas
Caminhantes: A. Henriques; A. Bernardino; Fortunato de Sousa; Cristina Sousa; João Figueiredo; António Pires; Chico Pires; Gilberto Santos; Manuel Reis; Manuel Pedro; Céu Pedro; Luís Fernandes; Vítor Gonçalves; Armando Lourenço; Pedro Antunes; Manuel Floxo; Fernando Guerreiro; Pedro Castelo.
Almoçantes: Armando Rodrigues; Henrique Castanheira; Vitor Neto.
Organizador: Luís Fernandes / Pedro Antunes
Almoço: Restaurante da Tapada de Mafra (Tel. 261.817.050) Preço: € 30,00 (Com caminhada e visita incluídos)
Próxima Caminhada: 05/11/2008 (Organiza o Chico Pires)
Fundo de Reserva: € 85,00
Reportagem: A Tapada de Mafra criada em 1747 por D. João V com os seus 1.187 Hectares de área, foi o local em boa hora escolhido pelos caminhadeiros Luís Fernandes e Pedro Antunes para a 4ª aventura pedestre da época 2008/2009. Talvez pela curiosidade de conhecer o local ou querendo desfrutar os maravilhosos dias do verão de S. Martinho, responderam à convocatória 18 elementos caminhantes e mais 3 convivas só para a parte gastronómica e cultural. De salientar ainda a presença pela 1ª vez de dois elmentos do sexo feminino nestas andanças, a Céu Pedro já com presença habitual e a Cristina Sousa que pela 1ª vez se juntou a nós.
De entre os vários percursos disponíveis, presenteou-nos a dupla organizadora com os 15 Kms do ‘Circuito de Bicicleta’ com grau de dificuldade médio e nem sempre bem sinalizado, mas que para nós grupo experimentado foi pouco mais que um passeio agradável. A presença constante nas áreas envolventes ao percurso, de Gamos, Veados, Javalis e uma flora lindíssima, também foram elementos importantes para tornar a tarefa mais leve e curta.
O ansiado e famoso ‘Gamo’ assado no forno, componente nobre do almoço servido na sala do Restaurante da Tapada devidamente engalanada só para nós, estava delicioso. Só o precioso néctar que o Caminhadeiro Fernando Guerreiro trouxe da sua adega de Palmela se poderia comparar em qualidade. Mas aqui as opiniões nem sempre foram unânimes ou favoráveis ao prestigiado enólogo: enquanto uns gabavam o produto outros diziam que era de desconfiar o método acelerado e utilizado pelo adegueiro Guerreiro, que transformou 5 litros de bom vinho em 10 litros de duvidosa água pé enquanto o diabo esfregou um olho.
Seguiu-se a visita guiada à Tapada em autocarro com lotação esgotada, onde a guia Ana Duarte nos deu a conhecer as várias transformações que este espaço tem sofrido ao longo dos anos. Desde a sua criação pelo rei D. João V, passando por Parque Real de Caça, etc. Entre os vários monarcas que desfrutaram deste local, há que dar um enfâse muito especial ao infortunado D. Carlos, que até ao dia do regicídio e pelo que aqui se viu e se conhece, deu mostras de saber tirar partido da vida como nenhum outro. Parece que por aquelas bandas, a única pessoa que o afrontou foi a ‘Velha da Chanquinha’, não tendo aceite dele um barrete cheio de moedas em ouro para abandonar as suas terras dentro do parque, tendo-lhe oferecido em troca dois barretes recheados do mesmo material para não saír. Como a vontade do rei é soberana, lá teve a velha que ir tocar tangos para outra terra, que por estes motivos se ficou a chamar em sua homenagem e até aos dias de hoje: ‘A da Perra’. E Viva a Velha!!!!! dirão os Republicanos.
Muito agradável a visita aos museus e a demonstração prática de falcoaria efectuada pelo Bruno.
Desta vez o inprescindível chá foi tomado na Malveira acompanhado das famosas trouxas de ovos. Outros que não poderam estar presentes nesta parte final do dia, vieram tomar um chá de Cidreira em Lisboa.
Como nota final, gostaria em nome do grupo de endereçar os parabens aos organizadores pelo excelente dia que nos proporcionaram e agradecer a presença do Armando Rodrigues, Vitor Neto e Henrique Castanheira ao almoço e da Cristina Sousa em toda a agenda do dia.

Um abraço para todos do Caminhadeiro ,

Fortunato de Sousa

2 comentários:

mreis disse...

O FBS continua em grande forma, reportagem logo no dia a seguir e, creio que pela 1º vez, filmagens ao vivo! acho que nem no iraque...

Como de costume, aqui vai o link para a minha selecção (legendada) dos unicos 'disparos' permitidos na tapada de mafra.

http://picasaweb.google.pt/manuel.alexandre.reis/Caminhadeiros_Mafra_24out08?authkey=jmCWNdMumOM#

E como vi por lá muitas maquinas, que venham mais links.

manel reis

ps - e não vos doem os ossos? fosgasse!

cristi disse...

Muitos parabéns a todo o grupo! Foram uma optima companhia de caminhada. Gostei muito e de certeza que me voltarei a juntar para outro dia de aventura.
Muito obrigada pela boa recepção e um beijinho a todos
cristina sousa