quarta-feira, 1 de outubro de 2008

2ª caminhada 2008 / 2009 (24 de Setembro) Ribaldeira (Dois Portos)



Data da Caminhada: 24/09/2008
Local: Ribaldeira - Dois Portos (PR1 TVD)
Percurso: 15,00 Kms / 03:10 Horas
Caminhantes: A. Henriques; A. Bernardino; Balão de Sousa; João Figueiredo; António Pires; Chico Pires; Gilberto Santos; Manuel Reis; Manuel Pedro; Luís Fernandes; Vítor Gonçalves; Armando Lourenço; Pedro Antunes; Odete Vicente.
Organizador: António Henriques
Almoço: Restaurante Pôr do Sol (Tel. 261.941.362) Preço: € 16,00
Próxima Caminhada: 08/10/2008 (Organiza o Vitor Gonçalves)
Fundo de Reserva: € 73,00
Reportagem: O nosso estimado Caminhadeiro António Henriques foi muito feliz em ter escolhido o percurso denominado ‘ROTA DO VINHO E DA VINHA’, para realizar a 2ª caminhada da época. As pequenas aldeias integradas no percurso, assim como as paisagens envolventes, agora enriquecidas pelas cores do Outono são de uma beleza extraordinária. De salientar a enorme quantidade de vinhas ainda por vindimar, e que a maior parte dos caminhadeiros não quiseram perder a oportunidade de testar a qualidade da matéria prima antes de ir para o lagar. Foi unânime a opinião, que com uvas destas só pode sair uma ‘Boa Pomada’.
Dos 14 caminhantes que iniciaram o percurso na Ribaldeira, há que destacar a presença de dois novos elementos, que pela 1ª vez quiseram testar as suas capacidades nesta atraente modalidade desportiva que é a caminhada. Refiro-me à Odete Vicente e ao Pedro Antunes, a quem damos as boas vindas e esperamos tê-los connosco nas próximas jornadas. Se conseguiram caminhar 15 Kms em 3 Horas, é prova mais que suficiente para uma perfeita adesão ao grupo ‘Os Caminhadeiros’. Embora o indice de dificuldade do percurso não fosse fácil causado por algumas subidas mais acentuadas, recomendamos a alguns elementos do grupo uma melhor preparação física, e um equipamento mais adequado à modalidade.
O restaurante Pôr do Sol, excelentemente selecionado pelo A. Henriques para o almoço, cumpriu as expectativas. Boa relação preço qualidade.
O passeio cultural para cumprimento da agenda, foi desta vez uma visita guiada à 'Estação Vinícola Nacional', onde a paciência do guia, quase que foi esgotada pela curiosidade e ansia de conhecimento demonstradas pelo Vitor Gonçalves nesta arte nobre de fazer vinho. Pena foi que o caminhadeiro Fernando Guerreiro não estivesse presente de modo a que podesse enriquecer o seu já vasto conhecimento sobre vinicultura.
Finalizamos o dia como previsto na bonita cidade de Torres Vedras com o habitual chá de Camomila e Cidreira, acompanhado desta vez por uns magníficos e saborosos pasteis de feijão.

Um abraço para todos do Caminhadeiro ,

Fortunato de Sousa

1 comentário:

mreis disse...

Boa caminhada, sim senhor, com bom tempo, bom ritmo e boa paisagem. Parabens ao Henriques pela escolha e quanto ao restaurante foi, dos que 'mamei' até agora, o de melhor relação qualidade/preço.
Devo confessar que o meu joelho ficou 3 dias a 'dar sinal' e para a proxima tenho que olhar melhor para a quilometragem...
Na bela peça do nosso reporter Fortunato faltou só dizer que para alguns ainda houve um 'after tea' na tasca do Carlos(?) em Montemor por obra e graça do Vitor. Claro que depois de um dia tão 'cansativo' quem não se esquece de uns oculos? é humano!