quarta-feira, 7 de junho de 2017

* * * *Caminhadeiros Solidários - Época 2016 / 2017* * * *


A iniciativa "Caminhadeiro Solidário" teve neste ano de 2017 três manifestações distintas:
·         Casa do Gaiato de São Julião do Tojal
Donativo de 120 Euros, sob a forma de bens de consumo.
·          Casa da Luz, em Carnide (Fundação António Silva Leal) - dias 10 e 11/05/2017
Reparações e alterações na instalação elétrica; fornecimento e instalação de um candeeiro; limpeza, reparação, e pintura de várias divisões:  Copa, Corredor, Sala de Estar e quatro quartos.
·         Associação Renovar a Mouraria (ARM) - dias 18, 19 e 22/05/2017
Intervenção na casa do senhor Miguel, doente e fisicamente diminuído , habitante da Mouraria, referenciado pela ARM.
 Reparação de paredes com gesso cartonado, colocação de forro em pinho, correções na instalação elétrica, fornecimento e montagem de  três candeeiros, limpeza, preparação  e pintura de paredes, tetos e portas.

 Este ano, participaram diretamente nos trabalhos os seguintes Caminhadeiros:  António Carvalho, Carlos Evangelista, Cidália Marta, Gilberto Santos, Dores Alves, Fortunato Sousa, Manuel Garcia, Manuel Pedro, Manuel  Reis, Maria do Céu Esteves, Maria da Luz Fialho, Maria do Céu Fialho, Odete Vicente e Vítor Gonçalves. Catorze, ao todo, mas muitos mais teriam sido se a iniciativa tivesse sido anunciada com a devida antecedência e se os locais intervencionados tivessem espaço para acomodar mais pessoas. Paciência, para o ano que vem há mais.
Quanto a fundos, gastámos 476,61 Euros, dos quais 120 em compras para a Casa do Gaiato e o resto - é só fazer a conta - em materiais. Uma insignificância, se comparado com o valor das mais de 190 horas de trabalho realizado.
Por fim, foi um belo convívio  (no trabalho e à mesa), sentirmos bem e ainda por cima recebemos, das pessoas que servimos, o reconhecimento pelo nosso trabalho. (E nem era preciso.)
Uma palavra de apreço para com o António Carvalho, o Caminhadeiro que não caminha, que de novo esteve connosco, com a mesmo espírito generoso de sempre.
Saudações Caminhadeiras em passada solidária,

Manuel Pedro

4 comentários:

Maria do Céu disse...

Foi uma bela jornada. E como diz o Pedro quem estava cheiínho de vontade de trabalhar e não pôde ir fica para o ano, se essa vontade continuar.
Bjs a todas e todos.

M.Luz disse...

Do meu lado, um agradecimento especial ao Manel Pedro, pela forma como geriu os trabalhos!

Até para o ano!

MAria da Luz

António Dores Alves disse...

Estes encontros para atividades solidárias são um ponto muito alto nas nossas iniciativas caminhadeiras. Espero que no próximo ano continuem.
Abraços a todos e agradecimento aos coordenadores Céu e Manuel Pedro.

Gil Furtado disse...

Parabéns aos que honram o nome do colectivo Os Caminhadeiros.
E eu, se não tivesse estado distraído, teria, da melhor vontade, participado no almoço. Aliás, nos almoços, que cesteiro que faz um cesto faz um cento.
«Paciência, para o ano que vem há mais.»
Um abraço, solidário mas frustrado, do

Gil Furtado

PS: Onde estão as fotografias?