domingo, 1 de maio de 2016

* * * * * * * * 16ª Caminhada da Época 2015 / 2016 * * * * * * * * _____Pelos Trilhos de Cabeço de Vide . Dia 27 de Abril_____




Albuns de Fotografias
Acilina Couto
Céu Fialho
Céu Fialho V1
Céu Fialho V2
Céu Fialho V3
Céu Fialho V4
Céu Fialho V5
Céu Fialho V6
Luis Martins
Lurdes Clara
Lurdes Clara V1
Lurdes Clara V2
Lurdes Clara V3
Lurdes Clara V4
Lurdes Clara V5
Lurdes Clara V6
Lurdes Clara V7
Maria Da Luz
Data do Encontro: 27/04/2016
Local: Pelos Trilhos de Cabeço de Vide
Percurso: 9,2 Kms ;     2,5 horas
Caminhantes: (46)  Acilina Couto; Amilcar Queiroz; Ana Cristina Umbelino; Angelina Martins; Carlos Penedo; Carmen Firme; Celestino; Cidália Marta;  Clara Maia; Ferreira de Almeida; Elisabete Almeida; Estela Garcia; Fátima Libânio; Fortunato Sousa; Gilberto Santos; Graça Sena; Irene Afonso; João Costa; José Marques; Josefa Carrasco; Júlia Costa;  Lina Fernandes; Lúcio Libânio; Luís Fernandes; Luís Martins; Luísa Gonçalves; Lurdes Clara; Manuel Garcia; Manuel Pedro;  Manuel Reis; Margarida Lopes; Maria do Céu; Maria do Céu Fialho; Maria da Luz Fialho;  Miguel Cardoso; Nela Costa; Octávio Firme; Odete Vicente; Pedro Albuquerque; Quinita Sousa; Rogério Matias; Rosa Silva; Rui Afonso; Vitor Gonçalves; Tomás Santos (guia); Zé Clara.
Não caminhantes (2):    Fernando Couto; Gil Furtado
Organizador: Carmen Firme / Octávio Firme
Almoço: Restaurante da Estalagem Rainha D. Leonor  (telf  245 382 473 )
Próxima Caminhada: 11/05/2016   Organiza : Graça Sena
Reportagem:
A minha opinião sempre foi – e continua a ser- , que não deveria ser o organizador a fazer a reportagem, isto porque por um lado é dificil ter espírito crítico para avaliar as eventuais deficiencias e, por outro, o escriba também não se sente muito à vontade para realçar o que eventualmente tenha corrido bem. Porém, como esse não é o entendimento dos caminhadeiros, deitemos mãos à tarefa…..
Esta caminhada ficou a meio termo entre uma caminhada especial e uma caminhada normal, isto porque, derivado ao facto do local escolhido ficar a cerca de 200 kms de Lisboa, houve 38! caminhadeiros que resolveram ir de véspera. O jantar era livre e os primeiros que foram chegando, com os organizadores à cabeça, pensaram em jantar no próprio restaurante onde, no dia seguinte, teria lugar o almoço oficial. Contactada a D. Anita Leitão, ficou previsto um jantar para cerca de 15 pessoas; pouco depois já eram 25 e, acabaram os restantes, à medida que foram chegando, por aderir ao projecto. Resultado: 38 jantantes. O Fortunato, que chegou à tardinha, foi logo saudado pelos presentes com os 'parabéns a você' pelo seu aniversário.
A D. Anita respondeu também à solicitação de arranjar um bolo de aniversário e o jantar transformou-se numa memorável sessão de convivio que terminaria com o tradicional bolo, regado com champanhe francês, espumante e outras bebidas oferecidas pelo aniversariante e que contou com a presença do Presidente da Junta de Freguesia de Cabeço de Vide, Sr. João Velez.
Passava já da meia-noite quando demos por encerrado o jantar, porque na manhã   seguinte havia que levantar cedo para caminhar.
Às 09.30, tal como previa o programa, já com a presença de todos os participantes e com a fotografia de grupo tirada, estavamos prontos para iniciar a caminhada; faltava, porém, um elemento fundamental, o Tomás Santos, guia do percurso, que chegou ligeiramente atrasado, porque tinha ido fazer um reconhecimento final ao percurso devido às chuvas intensas dos dias anteriores. Tal facto, embora o atraso não fosse maior do que 5 minutos, causou ao organizador um pouco de stress.
Que dizer do percurso, aliás fácil, pela paleta de cores que são os campos do Alentejo na Primavera? Que foi uma maravilha!!!. O percurso terminava com uma subida ao Castelo de Cabeço de Vide e, como passava junto ao alojamento, alguns caminhadeiros mais debilitados fisicamente, entre os quais se encontrava  o escriba/organizador com o seu joelho 'maroto', resolveram parar por ali.
Seguiu-se o almoço com uma ementa tipicamente alentejana e esmeradamente confeccionada e que foi do agrado de todos, bem regado com os excelentes vinhos branco e tinto da região.
No programa seguia-se uma visita às termas da Sulfúrea para onde fomos a pé para ajudar à digestão. Aí fomos recebidos pelo responsável técnico das Termas, Sr. Paulo Bagulho, que nos fez uma pormenorizada descrição das mesmas, das qualidades organoléticas das águas e das suas propriedades terapeuticas, dos programas médicos e de lazer, o que interessou alguns caminhadeiros que mostraram vontade em regressar para usufruirem do tratamento e da tranquilidade e beleza do local. Após a visita às instalações demos por terminada mais esta parte do programa e lá voltámos de novo para o restaurante onde a D. Anita e o seu staff já tinham preparados o chá e uma grande variedade de bolinhos.
Terminada que foi a última etapa do programa oficial, começaram as despedidas até à próxima e os caminhadeiros iniciaram a viagem de regresso às suas casas. Não todos, porque ainda houve 13 resistentes que aproveitaram a oportunidade para visitar um dos famosos locais de comida tradicional da região o Restaurante Álvaro, na Urra, onde além das entradas com produtos regionais, nos deliciámos com alguns pratos regionais confeccionados à maneira caseira e antiga.
Os oito mais resistentes ainda ficámos para o dia seguinte e, depois do pequeno almoço, lá regressámos às origens.
Antes de terminar esta mal alinhavada crónica, quero expressar os agredecimentos, que são merecidos e devidos, ao Sr. Presidente da Junta de Cabeço de Vide pelo apoio e disponibilidade sempre demonstrada, nomeadamente em conseguir o guia para o percurso da caminhada e por facilitar a visita às Termas que, para quem não sabe, são pertença da Junta de Freguesia desde o reinado de D. Maria II, que lhe concedeu o respectivo alvará. Agradecer também à proprietária da Estalagem Rainha D. Leonor e seu Restaurante, e ao seu staff, nomeadamente o empregado de mesa, João, pela disponibilidade e vontade de agradar e resolver todas as questões que lhes foram sendo postas; ao guia Tomás Santos pelo lindo percurso que escolheu para nós; ao Sr.João Bagulho pela apresentação que fez das Termas; e 'last but not least' os agradecimentos à 'mana do Céu' que, com as suas famosas notas, me ajudou a elaborar a reportagem.
Com os agradecimentos a todos pelas provas de carinho e amizade demonstradas,  aqui ficam as

Saudações Caminhadeiras

Carmen e Octávio Firme

6 comentários:

DoCeu disse...

Eu acho que, se a Junta de Freguesia fosse inteligente, condecorava os nossos amigos Firme, já que, penso eu, viémos todos tão encantados com o alojamento, com a comida, com as termas, com a tranquilidade, com os campos alentejanos, que certamente voltaremos. Eu falo por mim.
Obrigado, Amigos!

Maria do Céu disse...

Pois até podia organizar um fds para os caminhadeiros, pois a vila só tinha a ganhar com a "invasão". Além de que com mais uns treinos vocais até podiamos animar as noites de verão. Bastava só a la levar o seu livro das cantigas , a Irene a desafiar e todos a fazer o couro. Foi muito divertido. A caminhada muito boa, o repasto idem. Obrigada ao Octávio e a Carmen.

Maria de Lurdes Barbosa disse...

Mas que bela reportagem e caminhada, lindas fotos, caminhadeiros espetaculares!! Só tenho é pena(inveja) de não vos poder acompanhar!! MUITOS PARABÉNS e Beijinhos e Abraços para todos!..;))

Kinita disse...

Obrigada Lurdes Barbosa, essa (inveja) é certamente mais pena, pois ainda estás a trabalhar, o que não dá tanta saúde como as nossas caminhadas. Esta última, foi espectacular. Correu tudo bem, concordo com as 2 Céus e foi tudo bom até voltarmos a casa apesar de por último sermos 13. Agraceço à Carmen, ao Octávio e a todos os presentes. Foi alegre, emotivo, cheio de amizade, tranquilidade e beleza. Depois, a descrição do que se foi passando complementada com os videos e fotos dos nossos muito bo(as)/bons repórteres, dá-nos um grande orgulho de sermos "Os Caminhadeiros".

mreis disse...

Ainda faltam umas fotos, creio eu, mas o que já li na reportagem, o que já que vi nas fotos e sobretudo o que lá vivi em Cabeço de Vide, é mais do que suficiente para dizer: gostei! Dos anos do Balão, da animação da Irene, dos jantares extra, até da caminhada, vejam lá.
Octávio e Carmen, estão de parabéns! Tratem desse joelho 'maroto' porque o grupo precisa de vós.

Miguel Cardoso disse...


Parabéns aos organizadores Carmen+Octávio pela bela jornada que nos proporcionaram, desta vez em terras Alentejanas.
Bem hajam!

S.C.,
M.C.