quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

* * * * * * * * 8ª Caminhada da Época 2015 / 2016 * * * * * * * * _Lisboa, o Tejo, Arte Urbana e Natureza . Dia 16 de Dezembro_




Albuns de Fotografias
Acilina Couto 
Gabriela Bentes 
Luis Martins 
Dores Alves
Fortunato de Sousa
Data do Encontro: 16/12/2015
Local: Lisboa – Cais do Sodré – Pedrouços
Percurso: 12 kms em 02:45 horas
Organizadora: Gabriela Bentes
Caminhantes: (36) A. Dores Alves; Ana Cristina; Acilina; Angelina Martins; António Clemente; António Palma; Carmen Firme; Cidália Marta; Clara Maia; Fortunato de Sousa; Gabriela Bentes; Gil Furtado; Gilberto Santos; João Costa; João Duarte; Júlia Costa; Kinita de Sousa; Lina Fernandes; Luís Fernandes; Luís Martins; Luísa Clemente; Luísa Gonçalves; Lurdes Clara; Manuel Garcia; Manuel Pedro; Manuel Reis; Manuela Borges; Maria do Céu Esteves; Nela Costa; Octávio Firme; Odete Vicente; Pedro Albuquerque; Rogério Matias; Teresa Palma; Virgílio Vargas; Vítor Gonçalves; Zé da Clara.
Almoço: Restaurante “A Tasca do Gordo”
Próxima Caminhada: 06/01/2016 (Organiza: Manuel Reis)
Reportagem:
A cidade de Lisboa foi a escolhida para acabarmos o ano em beleza.
Fomos brindados com um dia Primaveril o que tornou a caminhada à beira Tejo num prazeroso passeio de 7,5 km do Cais do Sodré a Pedrouços.
Às 8h30 da manhã, sentadinha no meu “escritório improvisado” na Esplanada do café Sabores do Cais, fui vendo chegar e picando a lista com os nomes dos participantes, e foram muitos - 34 – Não, não me enganei , foram 34 os que se juntaram no local da partida. Foi com grande alegria que recebi a Manuela Borges, uma querida colega que não via há muitos anos e que se estreou no grupo. Já a caminho, eis que, qual D. Quixote montado no seu Rocinante, aparece o Gil Furtado pedalando a sua bicicleta.
Chegados a Alcântara descemos à passagem subterrânea sob a Av. da Índia para apreciar painéis de Arte Urbana. Mais uma surpresa … A Irene Piorro (e que bem que ela está!) vinha nesse preciso momento a atravessar o túnel. Tanto ela como nós ficámos encantados com este reencontro inesperado.
Já nas Docas, junto ao monumento ao amor “LOVE”, juntou-se ao grupo o Pedro Albuquerque. Sempre acompanhados pelo Tejo e chegados à lindíssima zona de Belém, lá seguimos os 36 até ao Restaurante A Tasca do Gordo onde se juntaram ao grupo mais alguns não caminhantes (José Luís Albuquerque, Greta e Guilherme da Fonseca, Isabel e António Henriques, Elsa Garcia, e o Virgílio Vargas) ao todo prefizemos 43 !!!
Já bem aconchegados com a “dobradinha, as espetadas e a Boa Disposição”, cantámos os parabéns à Lurdes Clara e ao Guilherme da Fonseca, não faltando o bolinho e o espumante que a nossa amiga levou para brindar.
Sempre a pé para desmoer o almoço, começámos a visita cultural: Dirigimo-nos ao Colégio do Bom Sucesso para visitar a Igreja, onde fomos amavelmente recebidos pela Sister Aedris. Que grande surpresa para mim e também para a Luisa Clemente, que somos antigas alunas, ver a Sister Aedris ainda no activo. Esta irmã andou comigo ao colo quando entrei para o colégio com 4 anos.
Após rezarmos uma Avé Maria com a irmã, saímos, e na própria rua do Colégio, mais uma obra de arte urbana a apreciar, O Fabuloso trabalho de Artur Bordalo (Bordalo II) – O Texugão. Seguimos para o Jardim Vasco da Gama desta vez para contemplarmos um Pavilhão Tailandês, oferecido pela princesa herdeira da Tailândia para comemorar os 500 anos de amizade entre os dois países.
De seguida visitámos o Jardim Colonial que ocupa uma área de 7 hectares e alberga cerca de 600 espécies, a sua maioria oriunda de regiões tropicais de Africa, Ásia, América e Austrália. Em redor do lago principal podemos por exemplo observar os magníficos espécimes de Cycas que se encontram actualmente ameaçadas de extinção nos seus habitats naturais.
Já a cair o dia fomos tomar o chá ao “Casual Lounge Caffe” onde, depois do Bolo Rei nos despedimos uns dos outros com Votos de Boas Festas e …. Até pró Ano na 9ª Caminhada no Dia de Reis com o organizador Manuel Reis.
Com as componentes culturais do dia também palmilhadas em animado percurso pedestre, por indicação do Luís Fernandes e da sua generosidade natalícia, podemos desta vez e sem exemplo adicionar mais  4,5 kms à contabilidade quilométrica de cada um dos participantes. Tudo somado deu os tais 12 kms urbanos, o que foi obra de monta para a Manuela Borges e para a Ana Cristina, as duas iniciadas nestas andanças caminhadeiras.
Mais uma vez Feliz Natal e um Grande Ano
O meu muito obrigada a todos

Gabriela Bentes

9 comentários:

DoCeu disse...

Pois... eu sabia que ia ter pena de não ter ido. Mas, mais uma vez, não se pode ter tudo!
Penso que o amigo Fortunato terá transmitido os nossos votos de Feliz Natal para todos vós, que agora aproveito para reforçar, por esta via.
(E eu que ando há tanto tempo para experimentar a "Tasca do Gordo"!...)

Beijinhos
Céu

M Gabriela Bentes disse...

Céu,
O amigo Fortunato transmitiu os vossos votos e aqui vai o meu: Que tenham um Santo Natal.
Quando quiserem vir à Tasca do Gordo digam que eu alinho
Beijos às duas
Gabriela

maria luisa disse...

Olá Gaby, não posso deixar de agradecer na partilha.... "de traz para a frente " nas memorias que a linda capela do Bom Sucesso me proporcionou !Bem haja!
Um grande abraço
Luisa

Maria do Céu disse...

Os meus parabéns pela rapidez da crónica. E está lá tudo direitinho. Vamos às fotos sff. A todos uma Boas Festas( pelo corpo todo).
Bjs. Céu

Manuela Borges disse...

Foi a primeira vez que fiz uma caminhada, eu que não sou nada dada a exercício físico só posso dizer que adorei. Não sei dizer se foi por andar tanto ou se foi pela companhia. Cá para mim foi pela companhia. Amei estar com todos vocês e vou repetir. Quanto à organização, foi impecável. A Gabriela é uma leoa a comandar o pessoal. Beijinhos para todos

M.Luz disse...

Reforço os comentários da Mana!
Ficámos com um "cheirinho" do que terá sido essa bela Caminhada...

Boas Festas para todos os Caminhadeiros, com votos de um Novo Ano repleto de Saúde e Boa disposição, ingredientes essenciais para continuarmos nestas saudáveis andanças!

Beijos,
Maria da Luz

António Dores Alves disse...

Uma caminhada suave como se impunha para esta quadra festiva.
Obrigado Gabriela.
Aproveito para mais uma vez desejar BOM NATAL para todo o grupo caminhadeiro.
António Dores Alves

Carlos Evangelista disse...

Olá Gabriela e Amigos.
Eu também estive na festa pá.
Cá da minha torre vos fui fazendo companhia com o nosso S. Pedro.
Não pude estar presente porque coisa inadiavel pus na minha cabeça em fazer nem mais que acabar uma colecção de "Cromos" que venho vindo a juntar.
Claro que estás de Parabéns pela tua proposta assim como os novos (as) olhares fotográficos femininos, manas Fialho e Acilina cuidado com elas.
Homens ponham-se sentido.
Que Bom estar 'sentado' e ver o nosso Blogue e ver a Isabel Henriques e seu A Henriques.
Foi boa a tua Festa Pá.
Parabéns, fico por aqui.
Até jâ com um Abraço
Eu

Fortunato de Sousa disse...

Já atrasado, mas ainda a tempo de dizer à minha amiga Gabi, que a caminhada 4 em 1 (Lisboa, o Tejo, Arte Urbana e Natureza)foi um sucesso. Foi em Lisboa, estava lá o Tejo à nossa esquerda, deu-nos a conhecer a Arte Urbana na sua expressão mais pura e, a Natureza no final na visita ao belíssimo Jardim Colonial. A estas 4 componentes podias ainda ter acrescentado mais 1, a deliciosa gastronomia das tascas lisboetas. "Tasca do Gordo", cujo nome só por si já nos faz crescer água na boca, foi a escolha acertada pela organizadora "alfacinha" para a última caminhada do ano 2015.
Portanto minha amiga, com organizações deste quilate, arriscas-te a ficar desde já nomeada para a caminhada de Natal do próximo ano e no mesmo local.
Saudações Caminhadeiras,
Fortunato de Sousa