terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

CAMINHADA - O QUE É UMA CAMINHADA




A 'CAMINHADA', também designada por 'PEDESTRIONISMO' ou 'PASSEIO PEDESTRE' é tão antiga como o homem, pois desde sempre ele sentiu necessidade de se deslocar de um sítio para outro. É uma actividade muito salutar praticada ao ar livre e simultaneamente um desporto de natureza não competitivo nem agressivo. Por motivos de segurança, deve ser praticada em grupo de amigos ou em família pelos mais variados escalões etários. É ainda uma actividade muito saudável tanto para o físico como para a mente e também um desporto muito barato pois não requer equipamento sofisticado. Permite o conhecimento e o contacto com o meio ambiente e ao mesmo tempo promove a protecção da natureza. Estimula a sensibilidade, nomeadamente devido à observação de lugares de interesse histórico e um melhor conhecimento do meio rural através do contacto com a fauna e flora. Enriquece a amizade e o conhecimento cultural, através do contacto com novas gentes, costumes e tradições. Por informação recolhida na 'Net', esta actividade, tal como hoje se pratica, teve origem em França à aproximadamente 50 anos. Foi ali que se criaram os percursos de 'Grande Rota' (GR), uma actividade associada ao montanhismo e ao excursionismo, mas com uma personalidade própria: 'Movimento Cultural de Lazer para o Grande Público'. O 'Caminho de Santiago' foi talvez o primeiro percurso pedestre devidamente sinalizado, mas hoje existem pelo mundo inteiro muitos milhares de Kilómetros de percursos devidamente sinalizados e destinados a caminhadas.

Cuidados a ter em conta pelos praticantes de Caminhadas:
  • Nunca partir sózinho para uma caminhada;

  • Respeitar as normas vigentes de áreas protegidas;

  • Sair sempre acompanhado de documentação escrita e equipamento técnico para localização geográfica;

  • Ir munido de equipamento adequado (calçado, roupa, mapas, mochila, bastão, água, 1º socorros, etc..);

  • Caminhar sempre que possível pelos caminhos e trilhos devidamente sinalizados, de modo a não danificar a área envolvente;

  • Respeitar o meio ambiente, não danificando a natureza;

Agora que já estamos mais cultos no que a caminhadas diz respeito, vamos praticá-la de acordo com as normas.

Sem comentários: